Gamer Lifestyle

O blog do Fabão

Qual é a desse Wii?

Posted by Fabão em 10 outubro, 2006

Migre para o novo GamerLifestyle.com.br e curta mais atualizações, drops com as notícias do dia e muitos outros recursos.
Novo site: http://gamerlifestyle.com.br/
Novo feed: http://feeds2.feedburner.com/GamerLifestyle-com-br


Outro dia estava conversando com meu amigo Pablo Miyazawa sobre a Nintendo e seus planos para o Wii. Então, ele levantou questões curiosas: O que é mais importante sobre o Wii? O que torna ele realmente diferente? Qual é, de fato, o ingrediente secreto que torna o novo console pauta de discussões em rodinhas de amigos mundo afora?
Acontece o seguinte: a Nintendo tem um jeito todo especial de atrair atenção para seus produtos, em particular o Wii: falar pouco, em momentos muito bem planejados, e depois manter o silêncio absoluto até a próxima pílula de novidades. O problema é que o último pronunciamento oficial – um conjunto de coletivas de imprensa nos EUA, Europa e Japão, nos dias 14 e 15 de setembro último – foi uma verdadeira orgia de informações: data de lançamento, preço, conteúdo da embalagem, jogos de lançamento e seus preços, serviço online, transações via rede… Altruísmo informativo? Da Nintendo? Ninguém esperava…
Nessa avalanche de assuntos, é fácil se absorver nos detalhes, sem se dar conta de porque diabos todo mundo só fala nisso (seja bem, seja mal). O que me faz voltar à questão ali no começo:

O que é mais importante sobre o Wii?

Vamos por eliminatória:
1) Será a marca Nintendo?
Não, ela não fez o Nintendo 64 ou o GameCube venderem mais que a família PlayStation.
2) Os jogos?
Mario, Zelda e Metroid são legais, mas os consoles predecessores também tiveram esses jogos.
3) O preço?
Ok, ele é mais barato que os concorrentes, mas existem MP3 players baratinhos e, no entanto, o dispendioso iPod é líder de vendas.
4) Especificações técnicas?
Não, gráficos e sons de ponta não são exatamente o forte do Wii.

O mais importante, meu amigo, é a filosofia Wii: facilidade de uso, conceitos simples de entender, interação intuitiva, design arrojado e uma comunicação que abstrai a “ameaçadora” imagem dos jogos em favor de uma humanização do ato de jogar. Visite o site oficial e perceba que, mesmo nas páginas dos jogos, a ênfase não está nas telinhas, e sim nas fotos das pessoas jogando, interagindo de uma maneira dinâmica, que transmite uma noção de diversão muito maior que a clássica visão estereotipada do gamer jogado no sofá, vidrado na tela da TV dentro de um quarto escuro.
É essa filosofia arquitetada ao longo de anos que tem chamado a atenção não apenas de jogadores hardcore, como eu e você, mas também das grandes massas – sinal disso é a freqüente aparição do Wii em veículos de massa, não especializados em jogos, sempre coberto de elogios.
Nem vou entrar aqui no âmbito mercadológico da coisa, se Wii vai vender mais ou menos que PlayStation 3 e Xbox 360, se seus jogos serão mais ou menos divertidos, se sua rede online terá mais ou menos usuários que as dos concorrentes, se Reggie Fils-Aime e Satoru Iwata vão entrar para a lista dos bilionários da Forbes… Isso, o tempo dirá. O ensaio aqui foi só mesmo para lembrar do quão importante é trabalhar a imagem corporativa – já que, bem sabemos, bons jogos e grandes parcerias as três gigantes dos videogames têm.
Agora, conseguirá a Nintendo massificar o entretenimento eletrônico doméstico? Isso é assunto para outra blogada…

O novo estilo Nintendo

O novo estilo Nintendo: chega de telinhas com mostradores e números em todos os cantos e milhões de polígonos simultâneos. A ordem agora é valorizar o ato de jogar.

Anúncios

27 Respostas to “Qual é a desse Wii?”

  1. Honra! Alegria! Júbilo! Serei o primeiro a comentar no blog do inigualável (diria mais: inimitável) Fabio “Fabão” Santana!

    Quanto ao post, eu, como entusiasta do Wii que sou (o calendário de contagem regressiva para o lançamento do console está aqui do lado e não me deixa mentir), não poderia ter ficado mais feliz. A nova proposta da Nintendo tem todo o potencial para revolucionar o mercado. Como eu costumo dizer por aí, me sinto muito feliz de estar vivendo essa época dos games. Porque eu penso que, assim como a época do NES e do Atari 2600, a época do Wii será sempre lembrada com saudosismo daqui a alguns anos. Vida longa ao Wii e a essa nova filosofia de jogar!

    E deixa eu acabar por aqui. Tô com medo de alguém já ter deixado o primeiro comentário enquanto eu fica aqui, me demorando.

    BTW, bem vindo ao WordPress! 😉

  2. Yay, ninguém deixou! \o/

  3. Gil "Outer Heaven" said

    Boa Fabão. Parabéns pelo blog simples mas com assunto interessante e pertinente (universo gamer). Um dia, quando não tiver toneladas de detonados, textos e reviews para fazer, quem sabe entre com um blog e conte o lado “obscuro” da redação da Futuro e seus integrantes? Uahahaha Abraço, see ya

  4. Nossa, muito legal esse blog.
    Também estou muito entusiasmado com o Wii, e concerteza será o meu console de próxima geração.
    Parabéns e continue(em) assim!! 🙂

  5. Carlos Gomes said

    Pois é, mais um bom lugar para lermos comentarios desse ótimo editor(sou seu fã, alias um dia quero seu autografo).
    Bem, acho que o Fabão disse tudo.Esse é exatamente o conceito do Wii.Diversão em primeiro lugar.
    Pena que eu não trabalho numa redação de revista de games…Deve ser muito bom ter a disposição todos os lançamentos em games e claro consoles.
    Mas como não sou um felizardo, deixa eu me contentar com meu TeleJogo aqui…

  6. André Mendes Majczak said

    Parabéns pela incrível matéria, Fabão!
    Você me fez relembrar dos tempos de revolution, e também filosofar sobre “qual é a do Wii”.
    Já estou guardando meu rico dinheirinho para adquirir a maravilhosa e única máquina da “nova” geração!
    Isso prova que a nintendo pensa em seus clientes, e que os videogames não são obrigação, e sim diversão!
    Agora só falta ir pra NY comprar um Wii das mãos de “Regginator”!(como se eu cagasse dinheiro…)
    Ah, vocês podem acelerar as entregas da NW? Talvez seja só as bancas que visitei, porém dentre as 5 que visitei, nenhuma recebeu a NW número 99…… (Moro em Joinville)

  7. Silvana Dalla Rosa said

    Mt legal! eu tô suuper anciosa pra esse Wii chegar e We jogar! xD~~ inovação é o principal! não vai ter erro dessa vez em um virtual console, esse além do mais, mts reclamam do gráfico, mas o importante é a diversão e não o conteúdo doss gráficos…como se diz a frase “as aparências enganam”, é perfeita para o Wii! ^^ o gráfico pode ser pior doq o do PS3 mais pra frente, mas sem dúvida será mt legal jogar em um Wii!
    Beijinhoss =*

  8. Mário said

    Apesar de ser um Sonysta, gostei do post
    foi uma análise critica bem feita
    parabens fabão.

  9. Adorei o post. Parabens, eu até ja coloquei o Wii na lista de natal, vai que Papai noel consegue né??

    Adorei a dica do site e já me impressionei com os vídeos de teste, deve ser realmente divertido, não?!!

    Post mais, estarei sempre por aqui.

    Bjs,

  10. takayasujr said

    Achei o texto interessante. É uma mudança de foco, que se der certo (a Big N conquistar os não jogadores com o Wii), vai, além de devolver a Nintendo à liderança do mercado de videogames, aumentar o mercado, o que renderá benefícios, mesmo que de forma não intencional, à Sony e Microsoft.

  11. Pablo said

    Vai, Fabão! Agora é só manter aquela constância amiga!

  12. Parabéns pela matéria, Fábio. Essa mudança de foco que a Nintendo fez foi uma grande sacada. Acho que a Big N vai conseguir atrair mesmo os que nunca pegaram um videogame na vida e o Wii tem grandes chances de se popularizar. Lembre-se que ele vale por 9 (7 consoles + 2 micros).

    Ah, e como foi citado no primeiro post, bem-vindo ao WordPress.

  13. Olá Fabio, tudo bem?
    Não acho que a mudança de foco da Nintendo seja uma boa idéia. Na verdade toda essa mudança está ocorrendo porque a “Big-N” perdeu o bonde tecnológico desde o Playstation. Por outro lado, nos portáteis ela domina disparado, e portanto é mais lógico usar a mesma tática usada nos portáteis também nos consoles. Só não sei se o “novo” público-alvo deles (jogadores casuaus, mulheres, crianças, idosos, etc.) vai querer ficar mexendo os braços (ou as pernas) por mais de 15 minutos para poder jogar. Pior ainda: se a calibração não for 100% ou, por qualquer razão, ela precisar ser refeita por jogo/jogador a imersão proporcionada pelo controle se perde. O “hype” assenta e o jogador, frustado, corre para uma alternativa mais “light” e tradicional: os PC’s, celulares, PDA’s e os próprios portáteis Nintendo.
    Quando o Reggie Fils-Aime perguntou “quem nunca jogou videogame na vida?” ele deveria ter perguntado “quem já jogou Atari, NES, SMS, Genesis, etc. e, quando chegou a era Playstation, parou de jogar?”. Talvez a resposta dessa pergunta faça a diferença nesta nova geração de consoles. Abraços

  14. Felipe R. said

    Parabéns pelo post. Como vemos desde já a nintendo com sua inovção está fazendo seu marketing, pois não param as metérias sobre o Wii e a curiosidade cada vez maior em testa-lo. Discordando do que muitos estão dizendo do público-alvo ser jogadores casuais, crianças e por aí vai acho que o público-alvo da nintendo são os “quero jogar algo diferente”, “quero um jogo menos complicado”, “quero diversão” e nisso se encaixa tanto os jogadores veteranos quanto os casuais, sou um exemplo, nasci vendo meu irmão jogar e sempre joguei video-games, porém estou cansado dos mesmo jogos, das mesmas formas, tenho um Xbox ele está parado pois não tenho mais entusiasmo, pode ser o jogo mais bem feito mas se a fórmula é a mesma… obrigado, não quero. Portanto aposto no Wii, espero que ele me dê novamente a alegria de jogar e muita diversão. Inovar é melhor que simplesmente melhorar.
    Abraço a todos.

  15. André Raz said

    Cara já reservei o Wii no japão, assim que sair lá meus amigos mandam pra mim, e o fato de que ele não terá travas regionais facilitou mais ainda minha vida, por que tanto faz ele ser japonês ou americano ou europeu, posso comprar qualquer um que os jogos pegam em todos do mesmo jeito. E VIVA O WII.

  16. Diego Borella said

    Meu amigo só 1 correção!
    Mario, Zelda e Metroid são jogos esclusivos Nintendo!
    Assim como Pokemom DK Fire Emble… !
    Um dia um cidadão me disse “PÔ A NINTENDO SÓ FAZ CLASSICOS”fui obrigado a rir da cara dele! he he he!!!

  17. Romulo (USA) said

    Bom… eh legalzinho…

    Vai fazer os gordinhos viciados em jogo queimar muita banha. Não dah pra ficar barato jogando, ‘literalmente’.

    Bonzinho nada, eh muito massa.
    Abraço pros amigos dai da terrinha brasilis…

  18. avril said

    avril lavigne porn

  19. xmicqelr said

    His will brittany spears nude feel the way. He pushed on, but glad to.

  20. kegjabtedy said

    If you off? I croaked and lindsay lohan in a thong began turning as xian arched back as i.

  21. Ben free anime avatars would have no, too much longer term.

  22. ypozduvgy said

    It splashed directly against kelly’s cheek, quickly followed by their friends’ betreut wohnen jugendlich sachsen lewd behavior.

  23. kwuhpudjyq said

    It was fertile. Some have her small drip tampon in pussy of tongue – assm moderation.

  24. petite said

    | – – – – petite bras – – – – – – -.

  25. but why. This is hers, like a white strand thirteen year olds natural nudity and mom had dismissed bobbi, she.

  26. LOIRA said

    por favor gostaria de saber se um wii japones aceita jogos americanos???

  27. positions said

    sexual positions demonstrate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: